Pesca esportiva em Foz do Iguaçu

BARBADO - PEIXES RIO PARANÁ

peixes rio paraná

Caracterização:

O barbado é um bagre de grande porte, de comportamento migratório. Atinge comprimento de 60 a 75cm, com peso médio variando de 3 a 5kg. Apresenta barbilhões longos e achatados, que lhes conferem o nome vulgar, e uma nadadeira adiposa muito longa. A coloração é acinzentada no dorso e nos flancos, e clara no ventre.

Distribuição:

Apresenta ampla distribuição no Brasil, ocorrendo nas bacias dos Rios Amazonas, Paraguai e Paraná.

Pesca:

É uma espécie muito atrativa tanto para a pesca profissional quanto para a de lazer, devido a sua carne saborosa e à dificuldade de captura. De acordo com o IBAMA, o barbado é importante para a produção pesqueira nos Estados de Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Roraima. Na Bacia Amazônica, essa espécie é predada pela dourada Brachyplatystoma flavicans, mas não tem participação expressiva entre os grandes bagres na pesca industrial.
No Reservatório de Itaipu, é uma das dez espécies dominantes no desembarque profissional, sendo pescado com espinhel e redes na metade superior do reservatório. Nos Reservatórios de Jupiá, no Rio Paraná, e de Água Vermelha, no Rio Grande, o barbado também está entre os mais importantes recursos pesqueiros. No trecho paulista do Rio Paraná, a captura média anual dessa espécie na pesca profissional, no período de 1994 a 2000, foi da ordem de 13 toneladas. Sua pesca é feita com espinhéis, tarrafas e redes de emalhar, pelos profissionais, e embarcada, apoitada ou de rodada, usando minhocuçu ou pequenos peixes como iscas. Na Bacia do Alto Paraná, é proibida a captura de exemplares com menos de 50cm.